Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

E.M.R.C. - espaço de formação

Motivações diversas impulsionaram a realização deste artigo, tendo em consideração as vossas expectativas em relação à formação dos vossos educandos. Recordai-vos sempre do apelo do Concílio Vaticano II: “Os pais, que transmitiram a vida aos filhos, têm um grandíssima obrigação de educar a prole e, por isso, devem ser reconhecidos como seus primeiros e principais educadores” . Por conseguinte, e dada a responsabilidade de cooperação convosco, de todos os educadores, as vossas preocupações são também as nossas.
Num primeiro momento e introdutório, considerando a perspectiva de ministério da palavra, recordar, que em ambos os casos, Catequese e disciplina de EMRC, a pessoa presta um serviço de superior responsabilidade uma vez que realizado em nome de Deus. Depois, porque num mundo pervertido pela constante oferta é a despersonalização do ser que acontece. Por fim, a instituição escolar. Que esperamos dela? Como podemos colaborar com ela?
Começamos o desenvolvimento deste tema, apropriando-nos desta última preocupação. Como inferimos facilmente, o centro gravicional em torno do qual se desenvolve todo o processo educativo é o aluno . Aliás, o Concílio Vaticano II, vai mais longe e sublinha que “todos os homens, de qualquer estirpe, condição e idade, visto gozarem da dignidade da pessoa, têm direito inalienável a uma educação...verdadeira, que pretende a formação da pessoa humana em ordem ao seu fim último...” , desenvolvendo obrigatoriamente, desta forma, todas as suas vertentes humanas. Assim, a função da escola é promover todos os seres humanos em todas as suas vertentes, incluindo a da abertura ao religioso. Portanto, o homem poderá cultivar-se e desenvolver uma posição crítica e mais rigorosa em relação às constantes ofertas, muitas vezes carregadas de leviandade, possibilitando-lhe a valorização pessoal e, consequentemente, comunitária.
Mas, se a Igreja tem uma estrutura que lhe permite educar os seus fregueses, para que é que precisa de estar na escola? Catequese e a disciplina de EMRC não são a mesma coisa?
Embora de certa forma já tenhamos avançado uma possível e válida justificação sobre a disciplina em contexto escolar apraz-nos, inicialmente, uma primeira distinção. “A relação entre ensino religioso escolar e catequese é uma relação de distinção e complementaridade: “Há um nexo indestrutível e, simultaneamente, uma clara distinção entre ensino religioso e catequese” .
A disciplina de EMRC está associada a “grupos humanos por relações académicas de carácter pedagógico” e que exige dos docentes, designados para o ministério pela Igreja, formação académica em Ciências da Educação com o mesmo grau de sistematização e rigor que as restantes disciplinam têm. Além disso, pretende relacionar o Evangelho com outras formas de saber no âmbito cultural.
Por sua vez, a catequese demarca-se porque é um conjunto de esforços empreendidos pela comunidade eclesial para educar as crianças, jovens e adultos em ordem ao testemunho e comunhão na fé no Corpo de Cristo. Ou seja, a catequese é o primeiro anúncio do Evangelho para suscitar a fé, explicitar as razões do acreditar e uma experiência da vida cristã .
Se, quanto ao carácter, existe uma clara distinção, também a intencionalidade e os destinatários são diferentes. No que concerne à disciplina de EMRC, são os pais e alunos que por sua iniciativa aproveitam esta garantia indispensável, ofertada pela Igreja, para cimentar uma formação humana que faça a síntese entre fé e cultura e entre fé e vida . A sua intenção é levantar, em confronto com os outros saberes e sempre num clima de interdisciplinaridade, a problemática do sentido último da vida, ao mesmo tempo que procura ser resposta, cumprindo a sua verdadeira missão e para a qual foi chamado pela Igreja que anuncia o Evangelho .
Por sua vez na catequese os meninos e meninas procuram, sobretudo, “de forma directa ou explícita aprofundar ou esclarecer a fé inicial e de a celebrar nos sacramentos e também de se integrar mais profundamente na comunidade cristã” .
Enfim, se a disciplina de EMRC tem em mente informar de forma rigorosa, apoiada na Escritura, Tradição, Reflexão moral e teológica, de forma sistemática, proporcionando um diálogo criterioso e pluralista com as outras ideologias, a catequese pretende dar a conhecer a Palavra de Deus e a maturação na fé de forma a proporcionar uma atitude de vida dinâmica e coerente.
Até ao momento destrinçamos a diferenciação entre estas duas realidades. Agora, apresentamos o elo primordial de união. As duas se encontram num estado de serviço em nome do Deus vivo que tem um mandato para todos: “Ide e fazei com que todos os povos se tornem meus discípulos, (...) ensinando a obedecer a tudo quanto vos tenho mandado” (Mt. 28, 19-20). Acima de tudo, ambas pretendem ser serviço do Evangelho da salvação. Façamos das nossas vidas espelhos do Corpo de Deus, a fim de sermos testemunhas credíveis para todos os que connosco vivem.
Em suma, caros pais, o dever de educar vossos filhos, levou-vos a optar por meios educativos que respondessem às vossas exigências educativas. Agora, não descorei uma educação crítica e que abranja todas as vertentes do ser humano. Os vossos filhos, neste âmbito, serão um pouco aquilo que vós quiserdes que eles sejam. Não tenhais medo de assumir as vossas convicções humanas, sociais e religiosas. O que a Igreja deseja é que os vossos filhos sejam sempre mais Homens.


Mário Rodrigues

 

publicado por miguelamori às 19:41

link do post | comentar | favorito

.Rádio Fraterna

.mais sobre mim

.Relógio da vida

.As visitas em EMRC

.TempMoral

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.links

.arquivos

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Janeiro 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Janeiro 2014

. Maio 2012

. Dezembro 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. É já amanhã

. Pela solidariedade

. Jornadas das Vocações

. Normas de evacuação de ed...

. Símbolo do Clube Proteção...

. Clube Proteção Civil

. concurso Postais de Natal

. II Concurso de Fotografia

. FEIRA DE SÃO MARINHO: um ...

. novo símbolo EMRC Sernanc...

.Jogos Solidários

.Relógio da vida

blogs SAPO

.subscrever feeds